E quando bate o vento da saudade, o coração é que balança.
Primavera  (via monstros-sentimentais)